COMUNICANDO: Cultura? Por Jessica Coimbra

Cultura?

Já ouviu falar ou já chegou a dizer que fulano não é culto ou ciclano não tem cultura? Pois bem vamos falar um pouco sobre isso.


Quando nos referimos a alguém como culto ou não culto, estamos utilizando cultura como sinônimo de estado educacional no sentido mais restrito do termo ou como equivalência para volume de leituras, informações e até mesmo níveis de inteligência. Muitas vezes essa mesma palavra é utilizada para discriminar pessoas, etnias e grupos sociais. Mas o que podemos aprender sobre ela?
O conceito de cultura é extremamente rico e quando aprofundamos os seus diversos significados e contextos conseguimos enxergar o mundo de forma completamente diferente.
Gosto muito da definição que o antropólogo Roberto da Matta utiliza.

Segundo ele, cultura é, em antropologia social e sociologia, um mapa, um receituário, um código através do qual as pessoas de um dado grupo pensam, classificam, estudam e modificam o mundo e a si mesmas, e complementa: “É algo que está dentro e fora de cada um de nós, como as regras de um jogo de futebol, que permitem o entendimento do jogo e, também, a ação de cada jogador, juiz, bandeirinha e torcida.”
Dessa forma, enxergo a cultura como algo que é passado por gerações, através de nossas experiências e aprendizados, que permeiam nossas vidas e as nossas relações sociais.

Quando você aprende com sua avó que quando o céu está laranja é porque vai fazer frio, por exemplo, isso é algo que ela construiu devido as suas vivências culturais e não quer dizer estar certo ou errado. Sendo assim, não existem pessoas sem cultura.
Um excelente artigo de Roberto da Matta, intitulado Você tem cultura? é uma ótima opção de leitura sobre o tema.
Link: http://naui.ufsc.br/files/2010/09/DAMATTA_voce_tem_cultura.pdf

jessica coimbra

 

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *