COMUNICANDO: R$ 51 milhões é o faturamento do youtuber mais bem pago do mundo, vem ver

O sueco Felix Kjellberg é o youtuber mais bem pago do mundo, segundo a revista americana Forbes. Mais conhecido como PewDiePie, o astro da web faturou US$ 15 milhões (aproximadamente R$ 51 milhões) entre junho de 2015 e junho 2016.

Esta é a segunda vez que a publicação realizou o levantamento dos youtubers com os canais mais rentáveis na plataforma de vídeos. Na comparação com o ano passado, Kjellberg registrou um crescimento de 20% em seus ganhos.

O valor, contudo, não veio apenas do canal de PewDiePew, que possui mais de 49 milhões de inscritos e 10 bilhões de visualizações. O sueco também faturou com uma série no Youtube Red, a versão paga e sem anúncios do Youtube, e com a venda de 112 mil cópias de seu livro “Este Livro Te Ama”, uma coletânea de frases inspiradoras e ilustradas pelo autor.

O humorista americano Roman Atwood aparece em segundo lugar na lista da Forbes. No período avaliado pela revista, seus ganhos cresceram quase 70% e chegaram aos US$ 8 milhões (R$ 27 milhões). Juntos, os dez canais do Youtube que mais faturaram durante o período avaliado pela Forbes somaram US$ 70,5 milhões (cerca de R$ 241,2 milhões). O valor representa crescimento de 23% ante o registrado na primeira edição da pesquisa.

Veja a lista completa seguir:

1. Felix Kjellberg, do canal PewDiePie – US$ 15 milhões (R$ 51 milhões)
2. Roman Atwood – US$ 8 milhões (R$ 27 milhões)
3. Lilly Singh, do canal Superwoman – US$ 7,5 milhões (R$ 25, 5 milhões)
4. Anthony Padilla e Ian Hecox, do canal Smosh – US$ 7 milhões (R$ 23,8 milhões)
5. Rosanna Pansino – US$ 6 milhões (R$ 20,4 milhões)
6. Tyler Oakley – US$ 6 milhões (R$ 20,4 milhões)
7. Mark Fischbach, do canal Markiplier – US$ 5,5 milhões (R$ 18,7 milhões)
8. German Garmendia, do canal Hola Soy German – US$ 5,5 milhões (R$ 18,7 milhões)
9. Rhett McLaughlin e Charles  Neal, do canal Rhett and Link – US$ 5 milhões (R$ 17 milhões)
10. Collen Ballinger, do canal PsychoSoprano – US$ 5 milhões (R$ 17 milhões)

Fonte: Revista PGN

 

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *