COMUNICANDO: O SAC do UBER: satisfação ao cliente por Fernanda Cappellesso

Ontem tive um probleminha com um motorista do UBER -o polêmico app de transporte que cobra bem menos que as cooperativas de táxi- e imediatamente acionei o Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC) do aplicativo. Confesso que pensei que não teria retorno rápido.

Preciso admitir que me enganei. Fiz a reclamação ás 18h35, poucos minutos depois da chateação. As 21 horas já está com tudo resolvido. Atitude que para nós que somos acostumados com o atendimento das telefonias, das companhias de energia e de água é muito rápido.

Saiba como continua clicando…

Bem, após isso parei para refletir em porque o UBER se posiciona diferente. A primeira questão é indiscutível: é um aplicativo americano, que trabalha com diretrizes americanas. Todos sabemos e concordamos que lá a lei funciona, de fato.

A segunda questão é que eles precisam ganhar a confiança do brasileiro. Mesmo com valores bem abaixo da média praticada pelos taxistas, há quem tenha receio devido à informalidade da forma de transporte e pela não seleção dos motoristas.

A terceira questão é para mim as mais importantes. Os usuários do Uber são, ao meu ver, em sua maior parte, uma nova geração acostumada com a agilidade dos mobile e com a alta velocidade da informação. Para eles, é inadmissível ficar sem resposta ou ser lesado.

Esses usuários sabem que uma reclamação em uma plataforma digital gera, na maior parte das vezes, mais desgaste ao seu empreendedor do que uma reclamação no PROCON e um processo judicial. E UBER, que foi criado por membros dessa nova geração, tem certeza dessa nova realidade.

Há uma tendência, já bastante explícita,  para que haja a migração para empresas que facilitem todos os serviços e que tenham uma relação mais clara e mais límpida com o consumidor. A grande verdade é que ja cansamos de ser enganados e agora queremos justiça tanto em preço como em atendimento.

Para finalizar, quero mostrar minha satisfação. No último contato com o agente da Uber que resolveu a minha questão, fui enfática em perguntar se o motorista havia sido penalizado. A resposta foi a seguinte:

“Olá Fernanda, boa noite!

O motorista foi notificado e tomamos as devidas providencias com o mesmo para que isto não volte a acontecer.

Respondendo sua outra pergunta no outro contato:

Os seus créditos foram aplicados e para visualiza-los, acesse a aba Pagamentos em seu aplicativo.

Tenha um bom feriado”

Quando fui ao aplicativo meus R$: 42,00 cobrados a mais já estavam ressarcidos. Gostei da rapidez e da forma como fui atendida.

fernanda cappellesso

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *