COMUNICANDO: O corpo dançante na fotografia de Deborah Turbeville

Deborah Turbeville foi uma das primeiras mulheres a conquistar espaço no seguimento da fotografia de moda. Com mais de 35 anos de carreira manteve seu trabalho em um contexto autoral, como uma obra única feita em um ateliê.

Turbeville nasceu em 1938 em Massachussetts nos Estados Unidos. Sempre teve uma vida discreta e rodeada pela sua transparente timidez, característica essa que teria moldado sua personalidade e consequentemente suas obras. Muitas de suas reproduções se tornaram ícones de uma época. “Eu não considero estas fotografias, fotografias de moda.

As fotos foram para a moda, mas ao mesmo tempo eles tiveram um motivo, algo mais a ver com o mundo em geral”. Disse Deborah Turbeville a The Independent, em 2006, refletindo sobre algumas de suas imagens.

Suas obras de estética diferenciada trouxeram inspiração para mundo da moda e abriram caminhos para outros que desejavam seguir uma linha que fugisse da estética clássica. Suas ilustrações seguem um caminho mais orgânico e real que se distancia dos padrões artificiais e moldados com o photoshop, abusados hoje nas grandes revistas. “A obra de Deborah Turbeville é como respirar ar puro em meio ao sufocante mundo plastificado de photoshop.” (Vogue,2011)

 

colunista tatiely machado

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *