COMUNICANDO: Estatísticas que não sabia sobre Linkedin 2017

“As pessoas perdem tempo em redes sociais, mas investem tempo no Linkedin”

Li esta frase algures e fez todo o sentido que iniciasse este artigo. Será que o Linkedin tem relevância estatística junto do mundo profissional.

Onde podemos encontrar alguns dados estatísticos para reforçar a nossa presença no Linkedin? Este artigo apresenta alguns dados e algumas fontes que apresentam dados com regularidade.

Dados gerais:

Na pagina dedicada à imprensa, o Linkedin indica os últimos números – clique aqui.

71,5% dos utilizadores do LinkedIn estão localizados fora dos EUA

Mais de 258 milhões na Europa, Médio Oriente e África

Mais de 105 milhões na Ásia e Pacífico

Mais de 65 milhões na América Latina

Mais de 20 milhões no Médio Oriente e Norte da África

Mais de 20 milhões no Sudeste Asiático

Países mais representativos (Fev. 2017).

Estados Unidos 132.5M

Índia 38.5M

Brasil 28M

China 27M

Reino Unido 20M

Canadá 12M

França 12M

Itália 9.5M

México 9M

Espanha 8.7M

Portugal 1,8 M

O LinkedIn apresentou um infográfico com uma visão geral de algumas estatísticas e dados importantes sobre as opções e oportunidades de marketing na plataforma, sublinhando por que as empresas – especialmente as marcas B2B – precisam de ter uma presença mais efetiva.

Segundo o LinkedIn:

– o SlideShare tem agora 70 milhões de utilizadores ativos mensais

– 79% dos profissionais no segmento B2B vêem o LinkedIn como uma fonte eficaz para gerar leads

– 92% dos profissionais no segmento B2B alavancar LinkedIn sobre todas as outras plataformas sociais

Mais da metade deles – 57%, para ser exato – estão em dispositivo móvel.

No total, existem 9 Mil Milhões de impressões de conteúdo nos feeds do LinkedIn a cada semana.

E há também algumas estatísticas mais surpreendentes que podem ou não precisar de qualificação adicional:

– o decisor lê 10 peças de conteúdo antes de finalizar a sua decisão de compra – estão a procurar conteúdo que os ajude a resolver um problema profissional.

Estudos mostram que 80% das leads B2B vêm do LinkedIn,

– 94% dos profissionais B2B usam o LinkedIn para distribuir conteúdo ;

– 46% do tráfego de redes sociais que chega ao site da empresa vem de LinkedIn ;

Este artigo da Hootsuite faz uma análise detalhada sobre as principais dados estatísticos da rede. Alguns dados já são antigos mas não se conhecem mais recentes.

56% dos utilizadores do LinkedIn são homens e 44% são mulheres

57% das empresas têm uma página da empresa no LinkedIn.

Similar Web – https://www.similarweb.com/website/linkedin.com

A Hubspot apresenta uma análise mais extensa e contempla o Linkedin.

Nos últimos 2 anos, a Wearesocial fez um incrível retrato digital do mundo.

O Linkedin surge no mapa na 11ª posição!

Outras fontes:

Statista

Este site agrega múltiplas informações estatísticas sobre Linkedin. Clique aqui.

Visitantes únicos no final de 2016.

Omnicore

13% dos Millennials (15-34 anos) usam Linkedin.

28% de todos os utilizadores de Internet do sexo masculino usam Linkedin, enquanto que 27% de todos os utilizadores de Internet Feminino usar Linkedin. (dados de 2015).

44% dos utilizadores registados ganham mais de US $75.000 por ano.

Dados Curiosos.

41% dos milionários usam o LinkedIn.

LinkedIn tem 3 milhões de ofertas de emprego ativas na plataforma.

1 milhão de profissionais publicaram artigos no LinkedIn Pulse.

Um utilizador médio gasta 17 minutos mensais no Linkedin.

59% dos membros do Linkedin nunca trabalharam em empresa com mais de 200 funcionários.

Existem 5,5 milhões de contabilistas no Linkedn.

Houve 1 bilhão recomendações de 1 clique em LinkedIn.

O CEO médio tem 930 conexões.

A palavra de perfil mais usada ainda é “Motivado” – que também superou 2014 e 2015.

Por Pedro Caramez via LinkedIn

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *