COMUNICANDO: Ainda sobre as Olimpíadas

Andre De Grasse deixou o mundo de boca aberta quando pressionou Usain Bolt nas semifinais dos 200m e por muito pouco não venceu o jamaicano. Mas essa era a estratégia que o canadense e seu técnico tinham planejado para a prova.

Stuart McMillan, treinador de De Grasse, disse a revista Sports Illustrated que pediu ao velocista que forcesse Bolt até o limite, e se aproveitasse da recente lesão que ele teve.

— Nossa estratégia foi baseada nas lesões que Bolt teve este ano. Ele não está na melhor forma física. Eu disse ao Andre antes da semifinal: ‘Pressione-o na reta final. Você é mais jovem. Talvez ele não se recupere tão rápido quanto você’.

Mas, como o próprio De Grasse afirmou depois da final dos 200m, talvez ele tenha se forçado demais nas semifinais e não conseguiu um bom tempo na final, ficando com a medalha de prata. Já Bolt, apesar de não correr tão rápido quanto costuma, ficou com o ouro, cruzando a linha de chegada com bastante vantagem sobre De Grasse.

Fonte: R7

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *