COMUNICANDO: 10 dicas de marketing que você pode aprender com a Apple

Compartilhar o que é bom?

Sim, aqui no COMUNICANDO você vai sempre esbarrar no melhor dos melhores posts dos sites em geral!

Então vem ver as 10 dicas incríveis do marketing da Apple e quem sabe assim é sucesso!

1. Menos é mais

Clientes não precisam de campanhas de marketing complexas que os sufoquem com tantas informações. A Apple entendeu esse conceito e tornou o seu  marketing o mais simples possível. Em suas campanhas, normalmente não há qualquer informação sobre onde e como podem ser comprados os seus produtos. Ao invés disso, os anúncios e as peças publicitárias são muito objetivas – mostram, basicamente, o produto e deixam ele falar por si só. Por isso, a primeira dica é: invista em simplicidade.

2. Anuncie seu produto em filmes e programas de TV

A Apple tem dinheiro para anunciar seu serviço em filmes e programas de TV, mas se a sua empresa não tem grana para fazer a mesma coisa, não tem problema. Qualquer marqueteiro pode conseguir que um influenciador divulgue um produto em redes sociais como Instagram e Snapchat. A partir do momento que um influenciador compartilha esse produto e mostra como ele é vantajoso, a semente é plantada. A partir daí, é só colher os frutos.

3. Críticas poderosas

A Apple tem feito um bom trabalho em aceitar críticas e análises de seus consumidores. Amostras e testes gratuitos são oferecidos em troca de testemunhos e análises postadas nas redes sociais ou na página da empresa voltada para as críticas de seus produtos. Muitas vezes, os clientes ficam felizes em poder contribuir. Em troca você pode dar algum cupom ou algum brinde exclusivo. Assegure-se de que cada crítica tenha o nome do usuário e uma imagem no perfil.

4. Valor x Preço

Uma das maiores estratégias de marketing da Apple é nunca se envolver em guerras por preços. A empresa mantém os seus preços a qualquer custo, ainda que eles sejam mais altos do que o dos concorrentes. Ela consegue fazer isso porque oferece valores com os quais nenhuma outra empresa consegue competir.

A Apple se preocupa em proporcionar uma boa experiência ao usuário por meio de recursos interessantes e vários aplicativos. Não importa qual produto a Apple ofereça, ela se preocupa em fazer o usuário sentir que vale a pena pagar o que for preciso para adquirir um produto ou serviço. Esse método pode ser usado para promover qualquer produto ou serviço. É só focar no que o diferencia do resto do mercado.

5. Apoie uma causa ou represente valores

Os clientes esperam que você compartilhe valores não apenas por meio de seus produtos, mas também por meio de tudo o que esteja conectado à marca – a embalagem, a aparência do varejo e o marketing colateral. Os anúncios e as campanhas precisam reproduzir esses valores em todas as plataformas. Campanhas consistentes reforçam as crenças dos consumidores, inclusive a de que eles sempre podem contar com a sua marca para entregar o que foi prometido.

6. Crie experiências, não apenas produtos

Qualquer um pode fabricar um produto, mas nem todos podem criar uma experiência que seja memorável para o cliente. A Apple inventou a ideia de “experiências do consumidor” com lançamentos de produtos que mais parecem shows de rock, anúncios e campanhas cinematográficos, e lojas físicas e onlines que revolucionaram a experiência de fazer compras.

Uma parte importante em criar experiências das quais os usuários vão se lembrar é usar a arte da contação de histórias para gerar experiência e acrescentar dimensões sensoriais à entrega, como um todo. Isso deixa o cliente imerso no que está fazendo, e o faz se sentir como se estivesse fazendo mais do que compras.

7. Use a linguagem dos usuários

Porque a Apple estudou seus consumidores intensamente, ela sabe como fazer a língua deles, o que cria um laço mais forte entre os dois e encoraja ainda mais mais vendas.

Ao evitar termos e explicações que só servem para confundir e estressar, a Apple encontrou uma maneira de alcançar seu usuário de uma forma que os concorrentes ainda não conseguiram identificar. Estude os seus clientes e o modo como eles interagem nas redes sociais, e fale sobre os aspectos de seu produto ou serviço que mais lhe interessam, usando a mesma linguagem.

8. Mistério em torno do que ainda será lançado

A melhor abordagem de marketing que a Apple usa é a criação de mistério em torno do próximo produto que será lançado. Ela não revela nada até a data definida para o lançamento de suas novidades, a não ser algumas poucas informações que têm o único propósito de gerar rumores e agitar ainda mais o público.

Geralmente, os marqueteiros revelam aos seus clientes tudo sobre um produto que será lançado, mas a Apple cria mais entusiasmo ao esconder as informações e gerar especulações.

9. Apelar para as emoções

A Apple transformou grande parte de seus clientes em evangelistas graças à sua capacidade de explorar o lado emocional de seus usuários. Os anúncios da Apple mostram pessoas felizes se divertindo com seus iPads e iPods, não focam na duração da bateria ou na capacidade de memória dos aparelhos.

Quanto mais o conteúdo visual apela para emoções, como felicidade, diversão e inclusão, maiores são as chances de o conteúdo ser compartilhado por outras pessoas, gerando o movimento viral que só a Apple é capaz de causar. Essa estratégia pode ser usada por empresas de qualquer nicho por meio de recursos visuais fortes, linguagem carregada e tom positivo como base para todo o conteúdo.

10. Apelo visual

Vivemos em um mundo de conteúdo onde as pessoas são bombardeadas por palavras o tempo inteiro (é por isso que os vídeos se tornaram tão populares). É possível causar um grande impacto e proporcionar uma grande experiência ao o cliente por meio da exploração de mais imagens e menos palavras.

A Apple ja chegou a ter anúncios com menos de 10 palavras, por exemplo. Ela entende que palavras, especialmente palavras em excesso, não são a melhor ferramenta a ser explorada para alcançar os usuários. Ela sabe que menos palavras implica mais público, e que mais imagens despertam o lado mais emotivo dos clientes.

A Apple tem uma estratégia de marketing que continua promovendo o aumento de suas vendas em todo o mundo. Qualquer empresa pode fazer a mesma coisa se aplicar essas lições dentro de suas estratégias de marketing, e se continuar usando essas táticas para produtos e serviços que já foram lançados e que ainda serão anunciados.

Fonte: Economia IG

Post Autor: Comunicando