COMUNICANDO na Jornada da Cidadania

O COMUNICANDO vai estar na Estação PUC Conecta no dia 25.05 falando sobre diversos temas da área de marketing digital. Quem estará representando nessa palestra será Kamila Mendonça, Publicitária especialista em comunicação e marketing que iniciou sua carreira como locutora e apresentadora em rádio onde conheceu a publicidade e propaganda e desta formação entrou na área de marketing estando 02 anos focada no comercial do marketing; em 2009 iniciou na área digital(internet / mídias digitais),focando no relacionamento, experiência, jornada de consumo e persona (consumidor /cliente). Atualmente seu foco está no Inbound Marketing e na gestão de PPC.

Saiba mais sobre o evento

A Jornada reúne, em um único evento, a Semana de Cultura e Cidadania, a Feira da Solidariedade e os Jogos Universitários, oferecendo um grande número de serviços, minicursos, exposições, apresentações artísticas e atividades interativas, dirigidas a todas as idades. As atividades ocorrem simultaneamente e devem envolver um público de mais de 100 mil pessoas, durante os quatro dias, a exemplo do ano passado. Em 2016, foram realizados 564.311 atendimentos nas áreas de saúde, jurídica, assistência social, meio ambiente, área da construção, consultoria em negócios e empreendedorismo, entre outras, que também serão oferecidas este ano.

“Organizamos tudo com muito cuidado, para atender especialmente a população de baixa renda, com o envolvimento de 3 mil voluntários e o apoio de diversos parceiros”, disse a coordenadora geral da Jornada, profa. Márcia de Alencar Santana, pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil da PUC Goiás. “Queremos que a Jornada desperte esperança nas pessoas necessitadas, a partir do trabalho solidário, fraterno, mas, principalmente, pelo belo do encontro, do congraçamento e de um tratamento digno, mostrando que é possível plantarmos a esperança em um mundo melhor”, acrescentou.

Entre as novidades da Jornada da Cidadania, destacam-se as que têm sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano: Estação Descarte Consciente (coleta de lixo eletrônico), Estação Solidariedade (doações), Estação Conecta PUC (mostra científica e tecnológica, com workshops e palestras) e a Estação Povos do Cerrado (espaço destinado à apropriação cultural dos povos indígenas e quilombolas que habitam o Cerrado, com programação cultural – danças, rodas de capoeira e exposições –, palestras, rodas de conversa, feiras de arte e artesanato e muito mais). O público ainda poderá participar de visitas monitoradas aos museus e aos laboratórios da universidade e usufruir dos serviços do Vapt Vupt e da Previdência Social (INSS), além de outros serviços de parceiros.

Integra a ampla programação da Jornada a já tradicional Feira da Solidariedade, que divulga o trabalho das obras sociais de nossa Arquidiocese, inclui celebração de missas, atendimento para confissões, casamento comunitário e apresentações culturais das paróquias, entre outras ações. Mais de 60 expositores apresentarão seus trabalhos em estandes de artesanato e alimentação, e mais de 20 atrações artísticas das paróquias serão apresentadas.

O diretor da Feira, padre Max Costa, lembrou que a caridade é o centro da fé cristã, pois Jesus deixou-nos o mandamento “Amai-vos uns aos outros como a si mesmos”. Ele disse que essa Jornada expressa essa atitude de acolhida ao irmão, mostrando que Deus não é indiferente à dor de seus filhos, que podemos ser Igreja em saída, como nos orienta o papa Francisco, e construtores de uma civilização do amor, vendo o outro não como alguém a vencer, mas como irmão. “Cada obra social de nossa arquidiocese é uma carícia de Deus”, ressaltou.

Post Autor: Comunicando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *