C87eda53fe5636a56b6279f94262a526

O 1a1 surgiu através de uma experiência não muito agradável como estoquista. Seu criador, o estudante de Administração da Faculdade Pitágoras, Lucas Cruz, foi trabalhar em uma loja e encontrou muita dor de cabeça.

Logo ele começou a encontrar problemas: “Trabalhei pra ajudar a organizar uma loja de acessórios automotivos. Nunca tinha cuidado de um estoque. Fui vendo a dificuldade da loja. Eu organizava ele físico e digital e eles não batiam. Isso causava muitos problemas para a loja e para os vendedores. Acontecia muito de falar que tinha um produto, constava o produto, mas não tinha”.


A partir daí, Cruz resolveu botar a cabeça pra funcionar na busca de uma solução: “Fui pesquisar novas formas de ajudar a organizar aquela loja e vi que existem outros aplicativos, mas não dedicados para o controle de estoque e resolvi criar o 1a1 a partir de conversa com amigos empresários e o pessoal da loja. Queria um software que consiga atender a estas necessidades específicas”.
Embora essa seja a primeira vez que ele trabalha com software, já havia criado um aplicativo para um brechó online para uma disciplina da faculdade, mas que não chegou a virar algo comercial. “Ele foi apresentado e foi super bem aceito e então eu vi que isso era um caminho interessante”, conta Cruz.
Isso foi no primeiro semestre. Agora, o jovem está entre o terceiro e o quarto semestre da faculdade e daz grandes planos para seu novo projeto que está em desenvolvimento há alguns meses. O esperado é lançá-lo nos próximos três meses.
A intenção é agregar valor às empresas: “Vi a possibilidade de poder realizar esse projeto, que ia trazer algo para o crescimento da empresa. As dificuldades são superadas uma a uma, daí veio a ideia do nome. O estoque é um dos departamentos mais importantes de uma loja. Se você não tem controle, a loja pode afundar muito rápido”.
Ele explica como o programa funciona: “Você faz o cadastro de todas as mercadorias, quantidade máxima e mínima que deseja trabalhar com cada uma delas. Você recebe então uma notificação por email e pelo celular quando o produto chega nesse mínimo e te avisa para entrar em contato com o distribuidor, te avisando que seu produto está na reserva”.
Além disso, você já pode registrar o contato do fornecedor, facilitando o pedido: “você já registra o seu fornecedor e já pode ligar, entrar em contato direto com ele pelo próprio aplicativo”.
O desejo é expandir para que ele seja uma solução para cada problema: “Virar uma espécia de guia, uma mãozinha para pequenos empresários e empresários iniciantes, se tornando uma espécie de pré-consultoria. Pra gente avaliar e dizer, olha, o problema é isso e nós sugerimos esta solução”.
Agora, o 1a1 vai entrar em fase de testes com uma empresa piloto para poder ser lançado de forma lisa antes do final do ano. Uma das coisas ainda em desenvolvimento é como o programa será rentável.
“Estamos avaliando se ele seria pago, se seria gratuito, mas com mensalidade, ou se seria totalmente gratuito, e encontrar outras formas de gerar receita dentro dele. A ideia é ele expandir e se tornar uma pré-consultoria e talvez cobrar por essa consultoria”, conta Cruz.

 

Fonte: Mais Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *