Hqdefault

 

Leo Chaves diz que os palcos não mostram as frustrações

O que um cantor sertanejo tem a contar em uma palestra? Foi isso que descobri em “O que os palcos não contam”, comandada pelo astro sertanejo Leo Chaves. Na última segunda-feira, 24, Leo Chaves, esteve em Goiânia e palestrou no auditório do Teatro Rio Vermelho – que estava lotado para ouvir o cantor.


Mas, de fato, “O que os palcos não contam?”. De acordo com a palestra do cantor, os palcos escondem os fracassos e as frustrações que os artistas passam no decorrer das suas jornadas profissionais e pessoais.

Por cerca de 90 minutos o cantor mostrou, por meio da sua história de vida, que é possível vencer e alcançar seus objetivos, mas que é preciso determinação e um bom relacionamento com você e com os outros seres humanos.
A palestra de Leo me surpreendeu e me emocionou em diversos pontos. Porém, de acordo com o meu ponto de vista, os mais importantes foram:

1: buscamos esconder a mala que carrega nossos fracassos, mas esquecemos que estão neles as nossas escolhas e as pessoas que nos tornamos;

2: Precisamos encontrar a rosa no meio dos espinhos – ou seja – em toda situação de dificuldade há alguma coisa boa. É meio Poliana, mas é uma boa alternativa para não focar apenas no negativo;

3: Não devemos idolatrar o dinheiro e acreditar que ele pode e manda em tudo. Há coisas mais importantes que o dinheiro. Família e amigos são bons exemplos. 4: Descasque a sua laranja, ou seja, volte para o seu passado e se reencontre. Volte a ser e a fazer as coisas que te faziam feliz. Isso é, não deixe que o sucesso, o dinheiro e o status façam esquecer de onde você veio e para onde você quer chegar.

Onde você se emocionou Fernanda?

Você disse no instagram que havia se emocionado na palestra do Leo Chaves. Realmente eu me emocionei bastante quando ele fala sobre a importância de voltar ao passado. O “descasque sua laranja” é na verdade uma metáfora para falar que ele se sentia feliz quando seu avô descascava laranjas para o netos.

Nesse momento, ele pede para que se feche os olhos e se recorde aquilo que mudou e que te faz falta. Não há como não se emocionar tanto com a história do Leo, quanto com as lembranças que vieram em minha mente.

Mas que imagens foram essas Fernanda?

Me lembrei do meu avô Antônio me ensinando a pescar; do meu avô Querino falando que eu não podia por o pé em cima da mesinha de centro porque menina tem que ter bom comportamento; lembrei do meu pai e do seu churrasco aos domingos com toda a família reunida. São momentos que emocionam e que vieram à tona, de repente.
A palestra do Leo Chaves é sim bastante interessante. Ela não é apenas uma história, maravilhosa diga-se por sinal, de sucesso. Ela é uma história de superação de um artista que venceu as dificuldades do inicio da carreira e que ao chegar ao topo conseguiu o equilíbrio emocional para se reencontrar e voltar a ser o rapaz humilde do início da carreira.

fernanda cappellesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *