20160829112011 660 420

De acordo com uma matéria da Bloomberg, o Spotify estaria prejudicando artistas que lançam música exclusivamente em serviços rivais como o Apple Music e o Tidal. A matéria, que cita fontes que não quiseram se identificar, informa que o Spotify dificultaria que esses artistas fossem encontrados em buscas, e impediria que suas músicas fossem colocadas em playlists de destaque.

Segundo a Bloomberg, o Spotify estaria usando esse tipo de medida há cerca de um ano, para desincentivar artistas a estrearem suas novas músicas e álbuns exclusivamente em serviços rivais. A Beyoné, por exemplo, teria sido afetada por essas medidas, por ter estreado seu último disco exclusivamente no Tidal.

Ainda de acordo com a matéria, um cantor-compositor recentemente desistiu de lançar uma música nova na Apple Music por medo da retaliação do Spotify. Segundo seu assessor, que também pediu para não ser identificado, a música estrearia no programa do DJ Zane Lowe na rádio Beats One, da Apple Music, mas o medo de perder espaço no Spotify levou o artista a volta atrás.

Como o Spotify possui um plano gratuito, ele é o serviço de streaming com maior número de usuários – mais de 100 milhões. Por esse motivo, faz sentido que os artistas desejem ter destaque nele. Por outro lado, o Apple Music possui mais de 15 milhões de usuários que pagam pelo serviço, e precisa dar a eles motivo para continuar pagando – lançamentos exclusivos são uma forma de atingir esse objetivo.

Resposta

O Recode recebeu um comunicado do spotify no qual o serviço diz que a matéria da Bloomberg é “inequivocamente falsa”. A empresa negou que torne mais difícil encontrar, em seu serviço de busca, artistas que estrearam seus  discos exclusivamente por outros serviços. No entanto, o Spotify não disse nada sobre as outras acusações levantadas na matéria.

Essa postura, segundo o Recode, faz sentido. Afinal, se o Spotify dificultasse que seus usuários encontrassem artistas muito populares (como Beyoncé e Drake, por exemplo) em sua plataforma, isso poderia levar os usuários a assinar seus concorrentes.

Recentemente, o Spotify lançou uma categoria dedicada a gamers, anunciou seu primeiro documentário e incluiu uma função que mostra as agendas de shows dos artistas. O Apple Music, por sua vez, tem sido um dos principais responsáveis pelo crescimento da receita da Apple na categoria de serviços.

Fonte: Olhar Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *